quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Leandro Karnal: Quem lê Veja é fascista e tapado

video
O carequinha mais incensado do momento nunca me enganou. Há algum tempo eu desconfio da figura. Rei da empáfia, o cara que faz palestras supostamente motivacionais, uma babaquice muito em moda, em uma dessas chatices para os estudantes de história, na Universidade Federal de Uberlândia, resolveu classificar as pessoas pelo que elas leem, e saiu-se com essa de que quem lê Veja é fascista e tapado, evidenciando que quem é tapado e principalmente fascista é ele, ao classificar as pessoas dessa maneira pueril, superficial e subjetiva.

Sinceramente eu nunca suportei os vídeos de Karnal, mesmo os que ele fala coisas com as quais eu concordo. Seu ar de quem acha que faz cocô cheiroso me dá asco!

28 comentários:

  1. Qual o tamanho da sua equipe? "Varrer" a internet da forma que você afirma fazer, exige uma equipe de pessoas qualificadas, dentre eles os Sociólogos, Psicólogos, jornalistas e editores! Ou então diz o nome do software que você usa para se manter "tão informado" daquilo que acontece na web de língua tupiniquim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cumequié, Zé? Quem afirmou "varrer a internet"? Comeu cocô?

      Excluir
    2. Confesse Ricardo, você é um Iluminati ajudado pela conspiração extra terrestre.

      Excluir
    3. Não chego a a tanto, Milton.

      Embora eu jamais tenha dito o que o Zé escreveu, eu confesso, sem modéstia nenhuma, que sou apenas mais inteligente que ele, um Ctrl+copysta militante que usa esse artifício exatamente por não conseguir entender o que lê.

      Excluir
    4. Ctrl+copysta em ação:

      1 - "Sinceramente eu nunca suportei os vídeos de Karnal..."
      - O "eu" da fase quer dizer: "...eu, Ricardo Frois..."
      2 - "...mesmo os que ele fala coisas com as quais eu concordo..."
      - idem idem para o "eu" e atentem para "...mesmo os que ele fala coisas..." onde pode-se inferir que o tal "eu" vê e analisa TODOS ou QUASE TODOS os vídeos em tela.
      Digo isso... por que segundo o tal "eu", "eu, o JAC, não consigo entender o que leio".

      Excluir
    5. O "Frois" deve ser resultado dos vinhos natalinos...

      Excluir
    6. Zé, vá entubar um supositório de alcatra com direito a beliscar azulejo! Seu problema é a falta de uma trosoba nos entrefolhos da peida!

      Excluir
    7. Eu devo ser muito bonzinho. Se bem que deixar expostos esses comentários do Zé é até um ponto a meu favor, já que ele não fala coisa com coisa ao tentar me criticar.

      Agora o sujeito resolveu voltar a tentar interpretar meus textos, quando não há nenhuma coisa a ser interpretada, já que, nem de longe, sou chegado a filigranas e encheções de linguiças. Confesso que é até com uma ponta de sadismo que o faço, visto que em tudo que ele escreve, uma evidente estupidez forçosamente se manifesta.

      É lamentável que um sujeito bom de coração não tenha cérebro.

      Excluir
    8. Para você, eu desejo medalhões de miolo de alcatra acompanhados de uma Petra Schuarzbier e arroz branco com legumes. Na sobremesa, uma excelente torta de massa folhada com maçã e doce de leite com creme. Que você tenha um Feliz Natal junto da sua família.

      Excluir
    9. Eu não tisse que o cara tem bom coração?... Ou então é cínico!

      Excluir
  2. A diferença entre um mistificador e um formador de opinião, é que o primeiro forma opinião sobre algo misterioso o segundo forma opinião sobre algo onde não qualquer mistério, trocando em muitos, ambos se dedicam a dizer aos outros em que eles devem acreditar e nunca se colocam sob questionamento.

    Nos dois casos, o sucesso se baseia em dizer a um determinado público aquilo que ele quer ouvir, o mistificador diz que você vai para o céu ou vai reencarnar, dependendo do público-alvo, o formador de opinião diz que o capitalismo ou marxismo é uma maravilha, dependendo do público-alvo. Outro fator determinante é criar ou adotar um estilo que agrade ao público-alvo.

    Outra questão importante para o sucesso, dos mistificadores e formadores de opinião, é em muitas situações, estar certo naquilo que diz, desta forma pode falar qualquer asneira que será solenemente aceita. Leandro Karnal faz parte de um grupo de formadores de opinião onde posso citar as seguintes pessoas:

    Leandro Karnal, tem um estilo próprio, que mistura informação com humor de almanaque de farmácia. Luiz Felipe Pondé, que adota a técnica do discurso evasivo e apela para o “ter a sensação”. Mario Sérgio Cortella e Clóvis de Barros Filho adotam o mesmo estilo, partem da conclusão para concluir que a conclusão é conclusiva, mas o que mais me intriga, é que eu não sei se um imita o outro ou existe um mesmo ventríloquo para os dois.

    https://www.youtube.com/watch?v=zKAqFQkqaL8

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Show de bola! E você descobriu isso sozinho? não acredito!!!!

      Excluir
    2. Não descobri sozinho não, eu descobri lendo muitos comentários iguais ao seu.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. (argento) ... mó barato!, o Karnal, não lembro deste trecho, parte de um vídeo completo - julgado pela aparência, não desperta simpatia. Gosto dos vídeos que assisti, faz-me "Pondérar" - também acredito que quem "lê" Marx é um completo Tapado, quem "lê" Carta Capital é Idiota, quem "lê" Isto É é Imbecil, isto posto, em defesa de Karnal, acrescento a palavra "SÓ" (de "apenasmente"), antes de Quem lè ou Quem vê ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (argento) ... às 13:00 removi o comentário, achei-o confuso; a correção das 13:17, após relida, ficou "pior a emenda que o soneto" - entenda-se "Quem SÓ lê ou Vê aquilo que lhe interessa, ignorando todos os Outros" - confesso, ainda não sei se fui claro o suficiente ...

      Excluir
    2. Entendido e copiado. Cambio e desligo.

      Excluir
    3. É normal eles falarem mal do Karnal. Joga-se pedra em algo que não se compreende, falam mal do PT, mas fazem a mesma coisa com sua idiotice útil e funcional!

      Excluir
  5. Respostas
    1. Eles deveriam aceitar pois doerá menos né? rsrsrs

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. A impressão que me dá é que esse Leandro Karnal foi subalfabetizado, daí se acreditar "intelectual" despejando tanto clichê simplório.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, quanto clichê simplório da sua parte, e o que é pior, você ainda vota!!! Não me surpreende um país do jeito em que está!

      Excluir
  8. Quem se dói com comentários como os do Karnal ou os da Chauí é porque não entendeu o que eles queriam dizer, rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (argento) ... pô!, explica aí, V8, pra nóis, que não entendeu direito o que eles queriam dizer ...

      Excluir
    2. Hein??? Ih, cara, eu não sabia que era pra entender...

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir