domingo, 26 de janeiro de 2014

Dilma, Odebrecht, Lula, BNDES, Angola,Venezuela e Cuba – e toma de dinheiro sumindo!

Sobre notícias do Estadão e do CoroneLeaks:

Antes de ir à Cuba e à Venezuela visitar seus amiguinhos e depois de sair de Zurique sem falar com a imprensa, o Poste e sua comitiva - que conta com os ministros Fernando Pimentel (Desenvolvimento) e Luiz Alberto Figueiredo (Relações Exteriores), além de Marco Aurélio TopTop Garcia, aspone da Presidência - aterrissaram seus dois aviões em Lisboa, onde ficam até amanhã. Ela se hospeda no hotel Ritz (a diária da suíte dela custa R$ 26,2 mil, ou 8 mil euros) em cinco quartos, enquanto sua delegação de apoio ocupará mais 25 quartos no hotel Tivoli.

Saindo da terrinha, o Poste vai inaugurar o Porto de Mariel, obra financiada pelo Brasil em Cuba, na segunda-feira, levando uma comitiva de mais de trinta pessoas (presumo que as mesmas que foram a Davos). Para quem não lembra, o BNDES entregou U$ 682 milhões à Odebrecht tocar a obra e colocou o negócio sob segredo de estado. Agora a Odebrecht anuncia que fará uma fábrica de plásticos dentro do porto cubano e, como tudo corre em segredo de estado, não se sabe de onde vem o dinheiro. Mas alguém tem dúvidas?

No final do ano, a Odebrecht recebeu mais uma benesse do BNDES. A Odebrecht Transport, que ganhou a concessão do aeroporto do Galeão do Rio, vendeu 10,6% da companhia por R$ 1 bilhão, pasmem, para o próprio BNDES! Além disso, para manter a participação de 30% neste braço da Odebrecht, o FI-FGTS, fundo criado com recursos do trabalhador, investiu mais R$ 429 milhões na empresa.

A Odebrecht faturava R$ 5 bilhões em 2000. Em 2014 deve chegar ao seleto clube das empresas que faturam mais de R$ 100 bilhões anuais. Não houve, neste período, maior parceiro do PT do que este grupo empresarial. Chega a ser assustador o volume de negócios que Lula abriu para seu amigo Emílio, o fundador, ou para o novo presidente Marcelo. Sempre em mercados altamente suspeitos. Angola,Venezuela e Cuba são apenas alguns deles. Aliás, Lula é um palestrante muito bem remunerado da empresa. Também usa o avião da companhia para rodar pelo mundo. É, na prática, um lobista da Odebrecht. Até para fazer o estádio do Corinthians a Odebrecht pegou quase R$ 800 milhões do BNDES.

É óbvio que isso tudo fez da Odebrecht um dos grandes doadores do PT. Com denúncias, inclusive, de ter pago uma bolada de U$ 8 milhões para a campanha de Dilma, em 2010, por conta de um gordo contrato com a Petrobras. Odebrecht e o PT em peso se encontrarão em Cuba.

7 comentários:

  1. Dizem que o crime nao compensa.
    Mentira, olha ela caminhando sobre o tapete vermelho.

    ResponderExcluir
  2. os nossos jovens estudantes, colegial ou universitários, procurem se informar. E depois avaliar, o " CARÁTER E A ÉTICA, dos nossos GESTORES, dos recursos públicos...

    ResponderExcluir
  3. os nossos jovens estudantes, colegial ou universitários, procurem se informar. E depois avaliar, o " CARÁTER E A ÉTICA, dos nossos GESTORES, dos recursos públicos...

    ResponderExcluir
  4. os nossos jovens estudantes, colegial ou universitários, procurem se informar. E depois avaliar, o " CARÁTER E A ÉTICA, dos nossos GESTORES, dos recursos públicos...

    ResponderExcluir
  5. Brasil é só alegria

    ResponderExcluir
  6. Engraçado que a Globo não põe no ar isso. Odebresh fechou x contratos nos últimos 4 anos com o governo, e Odebresh doou x milhões à campanha da Dilma... SIMPLES!!!!

    ResponderExcluir
  7. UM DIA A BOMBA VAI ESTOURAR,FIQUEM ATENTOS PARA ESTA EMPRESA.TEM MUITA SUJEIRA POR BAIXO DOS PANOS.

    ResponderExcluir