sábado, 26 de julho de 2014

Hamas, o PT da Palestina

Sobre matéria do israelwtf.com.

A Faixa de Gaza converteu-se em um lugar estranho nos últimos dias. Os que apoiam os ataques e foguetes do Hamas saem às ruas para celebrar cada vez que o Hamas ataca algum ponto importante em Israel e, em repetidas ocasiões, seguem as suas instruções para servir como escudos humanos. Entretanto, existe em Gaza um segundo grupo, que atua de forma mais silenciosa, por medo, e que se opõe por completo às políticas do Hamas

Segundo um chofer que trabalha em Gaza relatou a jornalistas da Associated Press sobre a sua realidade social, “Aqui todos odeiam o Hamas, porém têm medo de dizê-lo publicamente”. “Nossa comida chega desde Israel, porém o que nós lhes devolvemos são foguetes - foguetes que nem sequer fazem pequenos buracos na terra”, completou. Em uma só operação esta semana, Israel permitiu a passagem de centenas de caminhões com insumos básicos e médicos para a população civil em Gaza. Foram mais de 5.000 toneladas de alimentos, 500 unidades de sangue doado, 1.000 toneladas de combustível, mais de 600.000 litros de gasolina e mais de 900.000 litros de combustível diesel.

O Hamas governa uma população que vive em crise constante pela escalada da violência e impede as pessoas de trabalhar, o que faz com que seu estado econômico e social seja afetado gravemente. Além disso, também existem muitas críticas à liderança do Hamas por sua corrupção e pelo alto nível de vida que levam em comparação com o povo palestino. Muitos jornalistas do mundo árabe e bloggers vêm criticando líderes como Ismail Hanniyeh e Kaled Meshaal por sua desconexão com a realidade social palestina. Segundo uma conta de Twitter comenrtaram: “Viajam em aviões privados e arrecadam dinheiro para seus próprios bolsos”.

O Hamas recebe a cada ano centenas de milhões de dólares em ajuda humanitária dos quais, em grande parte, acabam chegando aos bolsos de seus líderes e para o pagamento dos soldos dos seus “empregados” na Faixa de Gaza.

Os “hamalhas” são ou não são a cara dos petralhas?

8 comentários:

  1. (argento) ... são, também, a cara de todos os outros PolitiCanalhas que povoam as terras BraZilis ...
    vem aí, o "Bolsa Eunuco" (argento)

    ResponderExcluir
  2. (argento) ... pequena referência a Harém e Eunucos:

    http://www.dicionarioinformal.com.br/har%C3%A9m/

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Eunuco

    http://mundoestranho.abril.com.br/materia/quem-foram-os-eunucos-eles-podiam-ter-erecao

    ... "precisa-se de Eunucos - paga-se bem"

    ResponderExcluir
  3. PIG = Partido da Imprensa Governista...Pagando bem, a gente tamo aí ..26 de julho de 2014 17:39

    ( PIG = Partido da Imprensa Governista, aqueles jornalistas nojentos que levam grana pra lamber as botas e as bolas dos petralhas)...Ricardo, que analogia perfeita.... ''Os Hamalhas'' gerados e paridos em um ambiente muito semelhante aos ''nossos' (vade retro) petralhas....Tudo subterrâneo....quando aparece algo...sei de nada...quem cavou isso aí? Quem é Rose-Gulosa? O que é mensalão? Quem disse que o Lulinha, rebento do Lula tá bilionário?..Como diria o Raulzito; '' È tudo gente fina, meu advogado jura''....

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Gentinha e gentalha, são iguais em qualquer parte do planeta.
    Por isso é que o PT gosta tanto dos párias, e esta a caminho um dos maiores da historia, o "Putin-ho" esse será coroado como o líder dos párias internacionais.
    Se atraem, como as moscas na bosta.

    ResponderExcluir
  6. Interessantissimo texto.

    http://www.publico.pt/mundo/noticia/analise-gaza-o-orientalismo-e-o-exterminio-de-minorias-no-magrebe-e-medio-oriente-1664199

    ResponderExcluir
  7. Comentei sobre isso em postagem anterior, o inimigo dos palestinos não é Israel, mas o Hamas. Sinceramente, eu não entendo por que a ONU não manda uma Força de Paz para garantir aos palestinos o direito de trabalhar, de construir sua própria sociedade. Surpreendentemente no Iraque tiraram um ditador para colocar no poder um grupo terrorista que é considerado extremista até por outros grupos terroristas, ou seja, onde deveria haver intervenção, não fazem nada, onde a situação era muito menos grave derrubaram o governo e criaram um problema maior.
    Quanto tempo duraria uma guerra contra o Hamas, se os EUA mandassem para a palestina a mesma quantidade de soldados que mandou para o Iraque?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voce já pensou na segurança dos cidadãos americanos pelo mundo e os interesses dos USA espalhados pelo planeta? A Europa certamente como aliada pagaria a sua parte com atentados terroristas. Os iramos de fé do hamas não perdoariam.Aplastar o hamas não é problema, mas aplastar todos os outros ao mesmo tempo seria um problema cabeludo. Levaram 10 anos para matar o Bin Laden.
      A superioridade logística de Israel é gritante, mas não podem jogar um graozinho de areia na população que o mundo grita: ai,ai,ai!!!
      Terao que dar um jeito no Qatar, na Turquia que quer ser europeia e nunca será, enquanto não reconhecer o genonicidio dos arménios nunca será bem-vinda, não são europeus e ponto final.
      A Turquia, Libano,Siria, Iran e Qatar, formam um clube fedorento.Suportam financeiramente todos os islamistas do planeta inclusive o boko haram algo tao primitivo como uma tribo de canibais.
      Não querem misturar política com esporte, teriam que faze-lo, Copa do Mundo em Qatar não deveria acontecer, o publico deveria boicotar, os europeus ja deveriam boicotar a Copa do Mundo caso seja realizada na Russia.
      Os islâmicos se matam entre eles, agora com o ISIS em acao, construindo um califado islâmico no Iraque, o Iran não esta nada contente, o ditador sírio menos ainda, e o ISIS vai sair matando todos destruindo tudo a sua volta.
      Realmente, a caída do Sadam talvez não tenha sido para a melhor, agora irao para começar a dividir o Iraque e depois darão o golpe fatal e mais uma republica retrasada mental islâmica debutará.
      Credo, o mundo esta ficando pequeno, os viloes estão se espalhando por todos os cantos, a Africa entao é um ninho de loucos, Nigeria, Mali, Sudao grande amigo do governo brasileiro, Guiné Bissau, Somalia e tantos outros, por enquanto salva-se a Africa do Sul, por enquanto.
      Os USA não necessitam mandar tropas para acabar com o hamas, os israelenses o podem fazer galantemente , o problema é tirar a população palestina que infelizmente apoiam o hamas, querendo ou não, apoiam.
      Interessante, o ramadao esta terminando e mesmo no meio daquele inferno estavam preparando a comemoração do final do jejum.
      Vao se catar.
      Com certeza há pessoas que não pensam com o intestino por lá, são poucas.

      Excluir