sexta-feira, 27 de junho de 2014

27 de Junho de 2014 - 800 anos da Língua Portuguesa


Eu até ia postar o texto inteiro - apócrifo - sobre os 800 anos da língua portuguesa, mas comemorar uma data tão importante com um “a nível de”, eu me recuso! Sem contar com os demais “entretantos”, como pontuação, clareza e um certo exagero sobre sua importância mundial hoje. A língua portuguesa merece coisa melhor.

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança;
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem, se algum houve, as saudades.

O tempo cobre o chão de verde manto,
Que já coberto foi de neve fria,
E em mim converte em choro o doce canto.

E, afora este mudar-se cada dia,
Outra mudança faz de mor espanto:
Que não se muda já como soía.

                          Luís de Camões

17 comentários:

  1. Comemoração mixuruca essa. Publicaram algum texto sobre a origem do idioma, seus dialetos e sua unificação em idioma?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estava procurando exatamente isso.

      Excluir
    2. Enquanto os "nossos estudiosos" não descobrem nem mesmo a wikipédia, o blog poderia ajudar publicando isto:
      http://www.soportugues.com.br/secoes/portuguesHistoria.php

      Excluir
    3. Valeu, Milton! - o artigo aguçou minha curiosidade de saber qual "língua original" deu origem âs outras.

      Excluir
  2. MIxuruca no Brasil, em Portugal é comemorado, não com escolas de samba nem funk funk, mas com alunos que soltaram balões e recitaram Camoes.
    Vi uma bonita festa em um dos parques de Lisboa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe Theresa, mas o Milton não se referiu às comemorações e sim a esse texto.

      Excluir
  3. Peco desculpas por haver postado o texto sobre a comemoração dos 800 anos da língua portuguesa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não seja tão turrona e radical. A data é importantíssima, sim - e agradeço a sua lembrança -, só que o texto não condiz com isso.

      Pode haver igual, mas não há quem defenda a correção da nossa língua tanto quanto eu, e você, mais que ninguém, sabe disso.

      Excluir
    2. http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=748360&tm=4&layout=122&visual=61

      Excluir
    3. NO video acima podemos ver o testamento do Dom Afonso II que originou a nossa língua.

      Excluir
  4. Vejam que surpreendente, talvez comecem a ensinar português no Brasil.
    http://noticias.terra.com.br/mundo/brazil-no-radar/blog/2013/04/24/portugues-do-brasil-e-o-melhor-idioma-diz-revista-americana/

    ResponderExcluir
  5. Há duas línguas oficiais em Portugal:o português e o mirandes.
    A minha avó materna veio de Trás-os-montes, falava o mirandes com a minha mae, quando não queria que entendêssemos sobre o que estavam a falar.

    Poesia em mirandes
    http://frolesmirandesas.blogspot.be/2010/09/poesia.html

    ResponderExcluir
  6. No mundo non me sei parelha,
    mentre me for' como me vai,
    ca ja moiro por vós - e ai!
    mia senhor branca e vermelha,
    Queredes que vos retraia
    quando vos eu vi em saia!
    Mao dia me levantei,
    que vos enton non vi fea!
    ***
    Cantiga da Ribeirinha ou Cantiga de Guarvaia é o primeiro texto literário escrito em língua galaico-portuguesa. Não é "documento oficial", porém é bem mais antigo.
    ***
    Não se particiona o "C" estando dentro do Windows porque o Windows diferentemente de certo outro "sistema" não comete atentados contra si.
    Quando se locomove o HD para outro computador (sem retirar o HD deste segundo) pode-se particionar qualquer letra no HD que passou a funcionar como "slave" e suas letras foram realocadas pelo windows instalado neste segundo computador.
    Realmente o Windows é PHODA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.youtube.com/watch?v=FPJ61GqOfCA

      Maravilhosa, galego portuguesa.

      Já encontrei muitos galegos no norte de Portugal que sentem um baita orgulho por falarem o português arcaico. É mesmo lindíssimo.

      Excluir
    2. Lembra, Zé, do DOS em disquetes? - pois é, funcionava assim:

      Depois de inserido o disquete, ... todo o DOS era transferido para a memória. A "MEMÓRIA" era o DOMINANTE e, por este motivo, era possível formatar o disquete, mesmo aquele que contivesse o Sistema Principal, o DOS (claro que havia a trava mecânica no disquete!, ... mas se o incauto destravasse e não voltasse a salvar no disquete, babau!, perderia o Sistema ok?)

      ... o disquete com o Sistema Principal, o básico, está gravado no Inconsciente (vide Teoria dos Três Cérebros), onde a Trava não pode ser retirada ...

      Digamos que o planetinha seja submetido a uma comoção nuclear (olha aí o suposto atentado contra si) - haverá sobreviventes, certo? ... com o mesmo Sistema DOS na Memória Reptiliana ...

      O Windows não abandonou o DOS; os computadores modernos não possuem mais disquetes; em andamento, computadores sem a Bios (Basic Input/Output System)

      Excluir
    3. ... é possível quebrar a Trava?. Sim!, mas é tarefa Individual

      Excluir
  7. Que lindo!!!!!!!

    https://www.youtube.com/watch?v=UFF1wJN75Z0

    ResponderExcluir