quinta-feira, 27 de abril de 2017

Quando eu ouço falar em índio, me dá arrepio!


Alguns dados sobre eles:

Item
%
Valores
Un
População do Brasil
100,00%
207.800.000
hab
População indígena
0,35%
715.213
hab
Vivendo em áreas indígenas
0,20%
412.678
hab
Vivendo fora das áreas indígenas
0,15%
302.535
hab
População do resto do Brasil
99,65%
207.084.787
hab


Área do Brasil
100,00%
8.516.000
km2
Área das reservas indígenas
13,77%
1.172.653
km2
Habitantes por km2

0,35
hab
Área reservada ao resto
86,23%
7.343.347
km2
Habitantes por km2

28,30
hab

Ou seja, cada índio é “dono” de um latifúndio de 284 hectares, enquanto ao cidadão que paga seus impostos cabem 3,5 hectares, um “microfúndio” 81 vezes menor.

Não obstante, somos obrigados a aturar frequentemente as investidas de hordas de vagabundos instigados e patrocinados pela igreja e pelos partidos de esquerda, agressivos e reivindicando mais terras e mais direitos além dos que eles já têm (vide Estatuto do Índio), como a algazarra que fizeram anteontem na Esplanada.


É pau neles e cadeia para quem está por trás dessa bandidagem.


5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Mim não fala português. Mas tem uma linguagem que eles entendem, e muito bem. É só meter o cassetete. Mais claro impossível...

    ResponderExcluir
  3. George Armstrong Custer, meu ídolo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para essa meninada que não conhece HISTÓRIA, Custer foi um general estadunidense que disse, no fim do século XIX:
      "Indio bom é indio morto".

      Excluir