terça-feira, 15 de novembro de 2016

A origem de “PROPINA”: não é que o PT conseguiu esculhambar até com a Etimologia?

A Etimologia fazia muito sentido. Antes do PT.

Propina surgiu do Latim vulgar falado em Portugal na Idade Média. Sua origem é “pro” (para) + o grego “pinein” (beber), os populares gole, trago, molhar a garganta.

No português dos primeiros séculos do segundo milênio, designava a taberna, estabelecimento que vendia bebidas alcoólicas e petiscos como queijo, linguiça, ovos, peixe etc. A bodega vendia mais coisas. Para alertar as mulheres virtuosas, as propinas frequentadas por prostitutas tinham um ramo verde fixado na porta. Por isso, rameira tornou-se sinônimo de meretriz, mulher de má vida etc. Este contexto deu à palavra propina um sentido pejorativo: a quantia paga para o prestador do serviço era suficiente para tomar um trago ou fazer uma boquinha naquele tipo de estabelecimento.

Coincidentemente gorjeta veio do étimo “gurg”, que formou garganta, daí “molhar a garganta”.

Em Portugal, propina hoje designa taxa de algum serviço público, especialmente matrícula em escolas e universidades.

No Brasil, até algum tempo atrás, usava-se a propina para pagar o cafezinho do guarda que nos livrava de uma multa no trânsito, que, com a “inflação”, passou a ter que dar para uma cervejinha. Hoje eu acho que o câmbio da propina para os guardas anda por volta de uma caixa de cervejas.

Mas não é que o PT, entre os seus (des)feitos, conseguiu esculhambar até com a etimologia? A partir do ano 1 DL (Depois de Lula), a propina foi instituída e oficializada com grandes mudanças e passou a abranger um espectro incomensurável de benefícios, que logo se mostraram perfeitamente compatíveis com os “favores” concedidos pelo governo aos pagadores. A propina, que começou com Lula molhando a goela com um inocente Romanée Conti, passou a abranger a mesadas de amantes, viagens, apartamentos duplex, sítios, fazendas, jatinhos, contas na Suíça e todas as outras coisas que o vil metal pode comprar, incluindo a moral, a decência e o caráter.

Não, não foi o PT que descaracterizou o significado de propina. Muitos Sarneys e Malufs antes dos petralhas a palavra já vinha sendo acrescida de novos significados. O PT apenas os sacramentou.

Obs.: A etimologia citada veio de um artigo de Deonísio daSilva.


Um comentário:

  1. (argento) ... deixando a etimologia de lado, sem propina, a fila não anda, o trânsito não anda, nem a polítika ...

    ResponderExcluir