segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Líderes do MSTS têm vida luxuosa graças ao tráfico, com as bênçãos do PCdoB de Jandira e do PCC de Marcola

Explique-se se puder, Boulos...
Deu no Correio Braziliense

As investigações da polícia paulista indicam que os líderes do MSTS (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) - criado pelo PCdoB - presos na Operação Marrocos tinham uma vida de conforto e luxo, graças ao dinheiro do tráfico de drogas. “O MSTS foi criado para disfarçar a atuação de uma organização criminosa”, disse o delegado Ruy Ferraz Fontes, chefe do Departamento de Narcóticos (Denarc).

Secretário-geral do MSTS, Wladimir Ribeiro Brito foi preso ontem em Maceió, em Alagoas, onde passava férias com a namorada. Segundo as investigações, ele desviou cerca de R$ 70 mil do PCC para comprar uma casa para a companheira e estava sendo cobrado pela facção. Brito havia chegado na cidade no dia 28.

Nas redes sociais, ele aparece em carros de luxo – várias fotos em veículos diferentes foram publicadas em 2015 na sua página no Facebook. O suspeito, porém, já cancelou a conta. Alguns veículos dele foram apreendidos pela Polícia Civil.

Para os investigadores, Ribeiro organizava encontros dos chefes do PCC que atuavam na Cracolândia. As reuniões aconteciam no 12 º andar do Cine Marrocos. Em um grampo, ele aparece negociando com uma traficante – que o chama de “patrão”. “Eu nem comprei maconha nessa semana para não me comprometer”, diz no áudio.

Já o coordenador-geral, Robinson Nascimento dos Santos, foi preso em casa, no Jabaquara, zona sul da capital. Segundo a Polícia Civil, o imóvel é de classe média alta e Santos também seria dono de uma casa de shows, chamada “Caldeirão”. Ele é acusado de coordenar a distribuição de drogas na região da Cracolândia, bem como de cuidar da contabilidade dos criminosos

O Estado apurou que Santos seria cabo eleitoral do candidato a vereador Manolo Wanderley, do PCdoB. Segundo as investigações, Santos recebeu dinheiro para captar votos dos moradores da ocupação no Cine Marrocos. A direção estadual do partido informou que não localizou o responsável pelo diretório municipal para comentar o caso.

A vice-presidente do movimento, Lindalva Silva, também foi presa em casa, no bairro da Saúde, zona sul. Para a polícia, ela participava da contabilidade do tráfico e da distribuição do crack. “A vice-presidente mora em uma casa de alto padrão”, afirma Fontes. Segundo ele, nenhum líder do movimento morava nas ocupações. Todos têm imóveis e outros bens. A reportagem não localizou representantes do MSTS para comentar o caso.

Para a Polícia Civil, os integrantes da diretoria são ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC) e nunca atuaram na área de habitação. “O único interesse era o tráfico de drogas e estruturar o PCC dentro dos movimentos de moradia”, afirmou Fontes.

Alvo da operação, o prédio do Cine Marrocos seria o quartel-general do PCC na Cracolândia. Lá, criminosos se reuniam para contabilizar o dinheiro e definir o que fariam com traficantes devedores.


4 comentários:

  1. (argento - em busca da garrucha perdida) ... vale o repeteco: o Partido Comunista é o partido mais Honesto, entre todos, do BraZiu, é o único Declaradamente COMUNISTA - onde a "honestidade" não lhe confere nenhum mérito ...

    ResponderExcluir
  2. (argento) ... quem leu A Trilogia do Templo, de Zé Rodrix, não vai ter muita dificuldade para entender o quê "rola" nos bastidores do Poder; é de leitura agradável para iniciados e não iniciados ...

    notícia fresquinha: "Ônibus oficial da Rio-2016 que transportava jornalistas do Complexo Esportivo de Deodoro, na Zona Norte do Rio de Janeiro, para o Parque Olímpico da Barra, na Zona Oeste, foi atingido na noite desta terça-feira (9) e duas janelas foram quebradas. Duas pessoas ficaram feridas com os estilhaços do vidro."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. (argento) ... nesta quarta feira das Olimpíadas, tiroteio no Complexo do Alemão entre policiais e bandidos deixa moradora ferida; bala "perdida" atinge Centro de Imprensa do hipismo em Deodoro. A pergunta é: o Quê mudou na (in)Segurança do RioMaravilhaOlímpico?; he he he, apenas o FOCO, deslocado para as Olimpíadas ...

      Excluir