sábado, 22 de outubro de 2016

Cristovam Buarque explica as consequências da PEC 241

Cristovam Buarque explica as consequências da PEC 241 para quem quiser (é claro que as antas paralíticas do “fora Temer” vão se recusar a ouvir ou fingir que não entenderam).
video

9 comentários:

  1. A constituição americana estabelece que não é permitido limitar os gastos do governo, o Brasil está colocando exatamente o contrário em sua constituição. Não precisa explicar Ilustre Senador, eu só queria... entender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não entendi, Milton. E o que tem a ver a constituição americana com a Hora do Brasil? De mais a mais, eu te desafio a me mostrar a parte da constituição americana que estabelece que não é permitido limitar os gastos do governo. Ela não fala nisso nem nas emendas.

      Excluir
    2. Não creio que a constituição americana use as palavras que eu usei, mas fiz essa afirmação com base naquilo que foi noticiado quando o Obama aumentou o endividamento dos EUA com o Federal Reserve, que não puderam vetar no congresso por causa da constituição.

      Excluir
    3. Tem a ver com o fato de o Senador dizer que se isso estivesse na constituição brasileira, desde a primeira constituição, o Brasil não estaria na situação que está. Se o Senador está certo, então os EUA deveriam estar na mesma situação que o Brasil, ou pior.

      Essa emenda do "teto" é uma bobagem. Primeiro porque pode ser revogada pelos próximos governos e segundo porque ela própria diz que é por 20 anos. Depois de 20 anos não precisa mais controlar os gastos?

      Excluir
    4. Raciocínio meio esquisito esse, Milton. Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Não dá para comparar EUA e Brasil. Civilização diferente, gente diferente e história diferente.

      E não vejo bobagem nessa emenda, necessária para ensinar tabuada aos políticos.

      Excluir
    5. A questão está justamente no ponto que mencionou: civilização diferente, gente diferente e história diferente. No Brasil, tentam resolver tudo através de leis, mas as leis não são cumpridas, por isso é uma bobagem. Só falta criarem uma lei dizendo que a lei deve ser cumprida.

      Excluir
    6. "Cada povo com seu uso, cada roca com seu fuso" (relembrando Monteiro Lobato).

      Excluir
  2. Abusando mais uma vez da hospitalidade do TMU, comunico que tem nova postagem no Limbo Filosófico:

    http://limbofilosofico.blogspot.com.br/2016/10/a-extincao-da-disciplina-de-historia.html

    ResponderExcluir
  3. (argento - Voto Cidadão é Arma Vendida com Falha na Culatra) ... não fosse a "PolítiKa BraZilis" tão Corrompida, nem precisava da Lei de Responsabilidade ...

    ResponderExcluir