sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

“Calourxs, sejam bem viados”


Não, eu não escrevi errado e nem a faixa da foto está errada. Foi isso mesmo que o Colorir-FEBF (Faculdade de Educação da Baixada Fluminense), formado por alguns “alunxs” da UERJ, quis dizer. Com cerca de 15 integrantes, o grupo, formado por gays, lésbicas, bissexuais e transexuais, “enfatiza como o trabalho com os calouros é importante. No início de cada curso, para melhor acolher os alunos do primeiro período, é realizada uma recepção de boa vindas, que conta com oficinas e debates sobre gênero, aceitação e sexualidade”.

“Se unir para ficar mais forte” é o seu lema, assim mesmo, com a frase começando com pronome oblíquo.

Além de viados, burros.

Fundo do poço é pouco...


4 comentários:

  1. Ricardo
    O texto em vermelho não deveria ser assim?
    "...o "trabalho" com os calouros..."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser. Depende de qual será o tipo do "trabalho".

      Por certo alguns calouros vão dar "trabalho" - passar KY, etc..

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir