quarta-feira, 27 de abril de 2016

Mariz de Oliveira, aquele que ia, mas não vai mais

Como é que pode Mariz de Oliveira ser cogitado como ministro da Justiça de Temer tendo assinado um manifesto de juristas contra a Lava Jato e defendendo ideias de jerico como “a TV é uma das principais causas da violência no Brasil”, como o fez no programa do Jô?

A bem da verdade, segundo a Folha de São Paulo, “ao tomar conhecimento ainda na noite de terça-feira da entrevista do advogado e amigo Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, em que ele fala praticamente como ministro, o vice-presidente Michel Temer avisou a assessores que o nome do criminalista está descartado. Segundo assessores, Temer considerou muito ‘ruim’ e ‘errática’ a entrevista de Mariz, na qual ele critica o mecanismo das delações premiadas e diz que a Polícia Federal precisa ter outros focos além do combate à corrupção”.

Ainda bem.

video

2 comentários:

  1. (argento) ... partilho do mesmo pensamento; tenho certeza que os voadores (pato, galinhas, marrecos, mosquitos, borboletas, ..., aviões) são a causa dos ventos, tornados e furacões ...

    ResponderExcluir
  2. Já que o tema é justiça, apresento isso aos fãs do Led Zeppelin (como eu):
    Plágios
    https://www.youtube.com/watch?v=-kLTLcinx4A

    A música You Shook Me, citada no vídeo, do Willie Dixon, foi gravada antes do Led Zeppelin pelo Jeff Back (1968), cantada por Rod Stewart, o Led Zeppelin gravou em seu primeiro disco (1969), eu tinha os dois discos e a autoria era atribuída ao Dixon, portanto não é plágio.

    No caso de Stairway to Heaven, deixo a critério de cada um analisar o seguinte vídeo:
    https://www.youtube.com/watch?v=PCEg9gMJakU

    Os fãs podem questionar algumas das músicas apresentadas como plágio, mas em alguns casos o plágio é inquestionável.

    ResponderExcluir